Planeta TerraA Camada de Ozônio é essencial para a vida na Terra, pois nos protege das radiações solares. Mas, infelizmente, nós mesmos a estamos desntruíndo aos poucos através da emissão de gases poluentes.

Com a Revolução Industrial, a partir da industrialização e do crescimento dos centros urbanos, a camada de ozônio começou a ser destruída, tornando-se cada vez mais fina e colocando em risco a nossa saúde, a natureza, a sobrevivência dos animais e a vida no planeta terra futuramente.

Aquecimento global, efeito estufa, chuva ácida, inversão térmica, ilhas de calor, além da destruição da camada de ozônio, fazem parte dos diversos fenômenos que têm ocorrido e ocasionado catástrofes, resultado das ações humanas tanto no passado, como no presente.

Mas ainda há tempo para reverter essa situação. Mesmo que não seja possível voltar ao estado inicial e nem ver resultados a curto e médio prazo, há soluções que podem amenizar esses efeitos. O Protocolo de Montreal foi criado com esse objetivo: conscientizar e fazer com que os países assumissem o compromisso de acabar com o uso de produtos nocivos à camada de ozônio.

O que é Camada de Ozônio?

Ozonosfera Planeta TerraÉ uma camada de gás que envolve a Terra, localizada na estratosfera, composta pelo gás ozônio (O3). Serve como uma capa ou um filtro que protege o planeta terra das radiações solares, totalmente nocivas para os seres humanos, animais e plantas.

O ozônio (O3) é um gás azul-claro, instável, altamente reativo, oxidante e diamagnético. Na troposfera é encontrado cerca de 10% de ozônio, os outros 90% estão na estratosfera, que tem o papel de absorver grande parte dos raios ultravioletas. Já na superfície terrestre, o ozônio contribui para agravar a poluição do ar e a chuva ácida.

O ozônio é uma variedade alotrópica do oxigênio, porém formado por três átomos. Sua produção acontece a partir da colisão de um molécula de O2 com um átomo de oxigênio e sua destruição ocorre a partir do momento que absorve as raios ultravioleta, pois por causa dos catalisadores (átomos e moléculas) há uma reação que retira um átomo de oxigênio de sua estrutura molecular. Na estratosfera sua produção e destruição ocorrem constantemente e de forma natural.

Definição Troposfera Estratosfera

Radiações Solares 

O Sol emite três tipos de radiações: ultravioleta (UVA, UVB e UVC), luz visível e infravermelha.

  • A radiação UVA é a que compõe a maior parte da energia ultravioleta do espectro solar, de 90 a 95%. Mas não é perigosa, causa apenas o envelhecimento precoce.
  • Sol InlustradoA radiação UVB representa uma pequena parte da energia ultravioleta, mas é a mais prejudicial. Ela é a grande responsável pelo câncer de pele, pelo bronzeamento, e consequentemente, pelas queimaduras. Por isso é muito importante usar o filtro solar, pois bloqueia os raios UVB que passam pela camada de ozônio e chegam até nós. É preciso ter muito cuidado com esse tipo de radiação. Existem pessoas que substituem o bronze do sol pelo bronzeamento artificial, autobronzeadores, pílulas de bronzeamento, bronzeamento a jato, etc. mesmo assim, é necessário ter cuidado com essas aplicações.
  • A radiação UVC é retida na camada de ozônio e não oferece perigo algum.
  • A radiação infravermelha não é percebida em forma de luz, somente em forma de calor através das terminações nervosas da pele (termorreceptores).
  • A radiação luz visível é a energia da radiação solar emitida como luz.

Naturalmente, esses raios nos atingem, e quanto mais estreita for a camada de ozônio, mais seremos prejudicados. A cada 1% de redução da camada de ozônio, aumenta 2,5% da incidência de melanomas na pele.

Para o meio ambiente, o risco é na redução da produção agrícola, problemas na cadeia alimentar, desequilíbrio do clima e a ameaça ao plâncton (plantas e animais microscópicos que vivem na superfície do mar), pois são importantíssimos para a cadeia alimentar marinha e absorvem metade das emissões de dióxido de carbono do planeta.